terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Filho do conferencista Daniel Mastral se suicida aos 15 anos na véspera do Natal


Depressão leva filho adolescente de Mastral a suicidar-se em plataforma de trem; notícia foi dada pelo YouTube na tarde de Natal.


O escritor e conferencista Daniel Mastral usou seu canal no YouTube na tarde de Natal para contar sua dor pela morte do filho Mikhael, que se suicidou no dia 22 de dezembro em uma plataforma de trem. Fruto do casamento de Daniel com a médica e escritora Isabela Mastral, o rapaz estava com 15 anos.

Com semblante visivelmente emocionado e abatido, Daniel Mastral começou a relatar sua difícil experiência sobre a morte do filho, diagnosticado anos antes com depressão e Síndrome de Borderline (transtorno de personalidade).

No vídeo disse que dividir o peso o torna mais leve. "Precisamos uns dos outros e Deus quer que se sejamos um grupo de Cristo unido pelo amor", disse antes de iniciar os relatos sobre a morte do filho. Para ele, o vídeo era também uma forma de trazer conforto para pais que perderam filhos tragicamente.

Mikhael Mastral vivia sob vigília dos pais, devido o grave quadro depressivo que atravessava. Daniel e Isabela se revezavam para cuidar do filho, inclusive nos períodos noturnos, por causa das crises que muitas vezes o tiravam de casa. O rapaz já havia tentado suicídio antes, chegando a ficar internado em uma Unidade de Terapia Intesiva (UTI).

Daniel disse que na manhã do dia 22 de dezembro acordou e não viu o filho. O menino havia saído, deixando celular e documentos em casa. Preocupado, Daniel não disse nada à esposa e saiu para procurar o menino com ajuda de parentes. Assim, embrenharam-se por uma área de mata perto de sua casa e nada de encontrarem o rapaz.

Tempos depois, Daniel Mastral, que é criador do Ministério Guerreiros da Luz e conhecido por realizar palestras sobre batalha espiritual, usou o Facebook de Mikhael falando sobre seu desaparecimento e pedindo informações para amigos do rapaz.

Com a ajuda de um irmão policial registrou boletim de ocorrência e foram para um hospital, onde soube que uma pessoa havia recebido atendimento na psiquiatria por ter sido testemunha de um suicídio horas antes na plataforma de um trem.

Com essa informação foram até o Instituto Médico Legal (IML) onde Mikhael foi reconhecido por seu pai. Daniel Mastral ficou chocado com o que viu e disse que desejou cremar o corpo do filho para livrar-se logo da dor. Mas em caso de suicídio o corpo precisa, obrigatoriamente, ser sepultado. O corpo do menino foi colocado em caixão lacrado e enterrado no dia 23 de dezembro.

Isabela Mastral não participou do enterro do filho. "Eu vou orar por você, para que Deus te dê forças, porque eu não tenho", disse ao marido. "Eu quero guardar as boas lembranças dele", justificou.

Lágrimas em pérolas

Daniel contou que assim que chegou em casa chorou muito e abraçou a esposa. "Oramos por ele, clamamos por ele e pedimos força", contou o escritor. Disse ainda que "até o presente momento temos procurado transformar todas as nossas experiências em propósitos, lágrimas em pérolas".

Diante do drama da perda abrupta e trágica do filho, Daniel disse que questionou Deus e obteve resposta. "Por que o Senhor o tirou da gente? Era o filho da promessa... A primeira coisa que Deus me disse foi que ele deixou um legado", contou mostrando um diário – um caderno de capa amarela – do filho onde registrava, desde o início e em inglês, como era passar pela depressão. 

Daniel fala que naquele diário o filho escreveu sobre como ele se sentia, como via o mundo ao seu redor, e que Mikhael se via como um peso para sua família.

Daniel conta que o filho era muito inteligente e tinha o QI (Quociente de Inteligência) acima da média, segundo aferição feita por um neuropsicólogo. "Existem registros que ele escreveu muito bem, escreveu frases que eu não teria capacidade de formular e que remetem à profundidade da dor de quem passa por uma situação como essa ou de quem chega a pensar em suicídio. Eu creio que isso é um dos legados que ele vai deixar, é uma das sementes que ele está deixando na terra. Nós vamos traduzir para o português e eu vou lançar um livro em homenagem a ele", disse.

Daniel conta que o filho não deixou nenhum bilhete de despedida porque ele sabia que não é uma despedida.

"Ele sabe que haverá um novo encontro. É um até breve. E eu sei que a cada dia da minha vida vai ser um dia que eu estou mais próximo dele. Quando minha missão terminar e Deus me levar, eu irei revê-lo novamente. mas ele já está lá morando na mansão celestial. Deus é amor. Ele vê o que você não vê. Ele consegue enxergar a dor da pessoa que não quer morrer, mas que quer se livrar da dor, do medo, da incapacidade".

Daniel finaliza o vídeo com a leitura de um texto de Santo Agostinho, pausado em alguns momentos pela voz embargada. Ele pede oração pela sua família e compreensão aos seus seguidores, caso não consiga gravar vídeos com a mesma frequência com que os faz ou para responder as mensagens que tem recebido desde que tornou seu drama público. "Eu não tenho cabeça [para isso] nesse momento", disse.

Fonte: Guiame


ASSISTA AQUI



LEIA TAMBÉM:

Daniel Mastral relata detalhes do suicídio do filho após luta contra a depressão

7 comentários:

Adriana NOM disse...

Coração partido ♡

Tidy disse...

Não faz sentido ele ter certeza de uma pós vida, não deixar carta de despedida aos pais e cometer uma forma de suicídio tão cruel e dolorosa. Essa história está muito mal contada! Daniel Mastral demonstrou que o garoto era sensível e inteligente. Que tinha amigas. O garoto possivelmente estava sofrendo uma crise de identidade e sexualidade proveniente da falta de aceitação dos pais por serem evangélicos. E não duvido muito do caráter desse dito "suicídio" vindo de um filho de ex integrante da irmandade satânica do Brasil! Ele passou a vida escrevendo livros sobre a perseguição que a família tinha dos satanistas e dos planos para a chegada do Anti Cristo, hibridização de seres satânicos nos Hospitais e cultos demoníacos nos subterrâneos de São Paulo e o filho foi morrer justamente na entrada do Solstício que começou no dia 22 de dezembro e época da festa de Saturnália?! Bem na época que ocorre o maior número de sacrifícios! E só pra finalizar, TODO sacrifício é dado em troca de outra coisa ou por débito à entidades espirituais. Do que se trata esse sacrifício do filho de um dos maiores nomes da Batalha Espiritual do Brasil? Se fosse um suicídio comum, mas justo vindo da família de alguém que prega o Amor de Cristo? Daniel precisa esclarecer isso, pois está soando esquisito demais! Se for obra do Satanismo, os fãs querem saber, como irás se posicionar quando a morte ocorre em sua própria casa? Vamos começar abrir a boca sobre os planos dos Satanistas ou será que a culpa vem de um evangelho inapropriado, que não aceita seu filho sendo gay, ou com o tipo de diferença que for? Vamos lá Senhor Daniel! Abra a Boca!

Unknown disse...

Acho que devemos orar e pedir a Deus que de forças não ao Daniel Mistral escritor, mas ao pai e mãe que perderam um filho, não cabe a ninguém questionar, julgar atitudes, cabe a todos como ser humano ajudar em oração por essa família.

Unknown disse...

Cara vc falou muito e falou bosta,o Daniel não precisa se manisfestar e falar nada...vai orar

Unknown disse...

Meu coração ficou tão triste com a morte do filho dele. Questionei tantas coisas... Não me sai da cabeça que o Filho dele era gay, que Deus perdoe esses meus pensamentos. E se ele fosse gay isso não é motivo para tirar a própria vida. Com certeza os pais continuariam amando ele de qualquer jeito, pois o que o Daniel e a esposa pregam é o AMOR que o Mestre Jesus nos ensinou.
Que Deus conforte o coração deles.

Unknown disse...

Muito triste o video do pastor daniel, eu sendo mãe não me imagino na mesma situação, espero e vou orar sim por essa familia, o que o menino era ou deixou de ser e o que o pai foi não me interessa, na biblia mesmo fala quando aceitamos a Jesus que do passado ele não se lembra mais, então o porque ficar lembrando o que o pastor foi, se o nosso Deus ja o perdoou por isso .

Unknown disse...

Muito triste o video do pastor daniel, eu sendo mãe não me imagino na mesma situação, espero e vou orar sim por essa familia, o que o menino era ou deixou de ser e o que o pai foi não me interessa, na biblia mesmo fala quando aceitamos a Jesus que do passado ele não se lembra mais, então o porque ficar lembrando o que o pastor foi, se o nosso Deus ja o perdoou por isso .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...