segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

SÉRGIO MORO AO VIVO agora no RODA VIVA - Assista aqui


MINISTÉRIO DESATAR - Saiba o que é isso!


Baseado no texto sagrado que diz, "...ENTÃO ORDENOU JESUS: DESATAI-O, E DEIXAI-O IR." (João 11.44), a missionária Lídia  Fernandes de Recife (Pe), do blog A AMIGA DO AMIGO, retrata com a singularidade que lhe é peculiar, e divinamente inspirada pelo Espírito Santo, a situação de muitos evangélicos membros de igrejas, e porque não dizer de muitas igrejas, o quais por ainda estarem "acorrentados" e ou "atados", ainda que vivos pela fé e oração dos outros, mas longe de cumprirem a missão dada pelo Mestre ao seu povo.

Se tornaram "consumidores" do evangelho, mas não participantes e ou cooperadores dele.

Creio sinceramente que tema retratado em dois artigos, cujos link's publico abaixo, contribuirão sobremaneira para a edificação do corpo de Cristo, em especial aqueles que teem boa vontade, mas ainda se sentem amarrados.


CLIQUE NOS LINK's ABAIXO:

1-MINISTÉRIO DESATAR: CONVOCAÇÃO

Quase 8 mil ex-muçulmanos foram batizados em 2019, segundo grupo missionário

Atuante na África, sul da Ásia e Oriente Médio, o ministério celebra o alcance de muçulmanos, hindus e budistas que decidem deixar suas crenças para seguir a Jesus

Um ministério que evangeliza em áreas de intensa perseguição na África, no Oriente Médio e no sul da Ásia está celebrando vitórias conquistadas em 2019.
O grupo "Bibles for Mideast" ("Bíblias para o Oriente Médio") destacou em um relatório publicado na última quinta-feira (16), que se alegra em comunicar a abertura de 28 novas igrejas de seu ministério parceiro "Assembleia do Deus Amoroso", sendo sete delas na África e 10 em outras partes do sul da Ásia.
Porém, a Missão destacou como o registro mais emocionante a ser comunicado, o propósito de todo este trabalho: vidas ganhas para Cristo. Segundo o "Bibles for Mideast", 9.622 pessoas foi batizadas, sendo que 7.932 deixaram o islamismo para seguir a Jesus e o restante deixou o hinduísmo, budismo e outros sistemas de crenças tribais locais.
O ministério continua seu trabalho ajudando várias famílias que perderam suas casas durante a enchente e deslizamentos de terra na Índia em 2018. Duas casas foram construídas e as chaves foram entregues às famílias, enquanto várias outras casas ainda estão sendo construídas.
Perseguição no Irã
O ministério explicou que a intolerância religiosa no Irã tem gerado perseguição sobre as igrejas por ele plantadas no país, mas ainda assim celebra os milagres que Jesus tem realizado naquele país.
Exemplo disso foi o testemunho de uma mulher que sofria de câncer e se entregou a Jesus no Irã. Após orar com alguns missionários, seu câncer desapareceu e logo ela se juntou ao ministério.
"Os muçulmanos locais tentaram contra sua vida, no entanto", contou o relatório sobre a mulher. "Ela, outros crentes e o pastor da Bíblia para o Oriente Médio vivem sob constantes ameaças de morte. Mas nosso Senhor os manteve a salvo".
"Mais uma vez, agradecemos por suas orações e apoio... por favor, continuem assim. Não podemos fazer nada disso sem a ajuda de vocês e do povo de Deus em todos os lugares", finalizou o relatório.
Fonte: CPAD News

Igreja realiza batismo coletivo com 2000 pessoas, em Salvador

A cerimônia coletiva de batismo de é realizada na praia há 10 anos pela Primeira Igreja Batista do Brasil

Dois mil evangélicos da Primeira Igreja Batista do Brasil participaram de um batismo coletivo em dezembro, na praia de Jaguaribe, em Salvador.
Em meio a louvores e orações, as milhares de pessoas que passaram para a fé evangélica eram recebidas uma a uma por pastores para serem batizadas nas águas do mar.
A cerimônia na praia, que foi promovido pela igreja que já tem 137 anos, é realizada desde 2009.
A caçula do grupo, Thalita, de 8 anos, contou como é participar do batismo coletivo. "Eu quis fazer uma aliança com Deus", disse.
Já a ajudante de confeiteira, Edna Santos, de 62 anos, disse que se aproximou da religião quando lutava contra um câncer de mama.
"Tratamento doloroso. Eu me apeguei muito com Deus e foi aí que eu resolvi aceitar Jesus porque ele me curou", declarou a mulher emocionada.
As pessoas reunidas para o mergulho que simboliza o compromisso com a fé tinham motivos particulares para sua decisão. Foi o caso do agente de endemias, Carlos Franco.
"É Deus entrando em nossas vidas. Agora é esperar para ele agir e deixar que tudo aconteça da forma que ele quer", relatou.
Fonte: CPAD News
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...