quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Revista americana acusa Jair Bolsonaro de campanha inspirada em molde nazista e Júlio Severo comenta

Julio Severo
Em uma reportagem intitulada “Jair Bolsonaro’s Model Isn’t Berlusconi. It’s Goebbels” (O modelo de Jair Bolsonaro não é Berlusconi. É Goebbels), Foreign Policy, uma revista especializada dos EUA com sede em Washington D.C., disse: 
"O líder brasileiro de extrema direita não é apenas mais um populista conservador. Sua campanha de propaganda se inspirou diretamente em manual nazista."
"Ele quer que criminosos sejam sumariamente fuzilados em vez de serem julgados em tribunais. Ele apresenta os povos indígenas como 'parasitas' e também defende formas discriminatórias, eugenicamente planejadas, de controle da natalidade. Bolsonaro alertou sobre o perigo representado pelos refugiados do Haiti, África e Oriente Médio, chamando-os de ‘a escória da humanidade,'" disse Foreign Policy, que acrescentou:
"Nessas e outras declarações, o vocabulário de Bolsonaro lembra a retórica por trás das políticas nazistas de perseguição e vitimização."
Aliás, o termo “nazista” aparece surpreendentemente 34 vezes na reportagem de Foreign Policy sobre Bolsonaro. Foreign Policy disse:

Veja a análise de Júlio Severo sôbre essa matéria direto no Blog do Autor no link abaixo:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...