segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Danceteria da chacina em Fortaleza será transformado em igreja evangélica


A danceteria onde aconteceu a maior chacina da história do Ceará vai virar uma igreja evangélica, após decisão do proprietário.

A danceteria onde aconteceu a maior chacina da história do Ceará vai virar uma igreja evangélica, após decisão do proprietário anunciada à polícia na última quinta-feira (1º).

Em 27 de janeiro, 14 pessoas foram mortas e outras 18 ficaram feridas no Forró do Gago, no município de Cajazeiras, em Fortaleza. A ação teria sido provocada por facções criminosas que disputam pelo local, segundo relato de moradores.

No entanto, após a matança, a danceteria deixará de dar lugar às festas para se tornar palco de cultos religiosos. O proprietário da casa, José Clediano Girão Nobre, informou a mudança ao delegado do 13º Distrito Policial, Hélio Marques.

"Ele nos disse que pretende alugar o espaço na Rua Madre Tereza de Calcutá para uma igreja evangélica, pois não quer mais realizar festas lá, depois da chacina", informou o delegado. O culto de inauguração aconteceu neste fim de semana.

Em depoimento na delegacia, Nobre informou que as festas no Forró do Gago eram promovidas todas as sextas-feiras a um público variado, mas não sabia da presença de integrantes de facções nem de comemorações que faziam apologia ao crime.

Durante a apreensão dos equipamentos de som do Forró do Gago, a polícia constatou irregularidades. O som da casa atingia 150 decibéis durante as festas, sendo que o máximo permitido em áreas residenciais é de 75 decibéis.

A perícia ainda observou que o local não tinha saída de emergência ampliada de conformidade com as determinações do Corpo de Bombeiros. "É um espaço muito reduzido. Só tinha uma saída que parece um portão de uma garagem", disse o delegado.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...